CABUM!

Normas e tecnologias Ex
       MENU >>>
Entrada   Artigos     Entrevistas   Cursos  
:: VEJA TAMBÉM
 :: 
Lei 9933/1999
 ::
Portaria INMETRO 89/2012
 ::
Portaria INMETRO 267/2009
 ::
Explosões em bueiros
 ::
:: LINKS
 
Hazardous areas group
PCIC - trabalhos
InternEx
 
:: CERTIFICADOS Ex
 
BVQI   - 0018
CEPEL  - 0007
DEKRA - 0089
DNV    - 0017
ICBR   - 0052
IEE     - 0011
IEx     - 0064
NCC    - 0034
TÜV Rheinland - 0004
UL do Brasil - 0029

Desde 12/02/2005:

desde 12/02/05
:. Benvindo ao Cabum!

  Desde abril de 2010, o Cabum! atua em parceria com o InternEx, proporcionando maior disseminação dos conceitos sobre as instalações especiais Ex.

  O Cabum! passa a divulgar as notícias nacionais, ficando o InternEx responsável pela cobertura das ocorrências em outros países.

  O Cabum! conta com a assessoria do eng. Estellito Rangel Jr., especialista em áreas classificadas, prevenção de explosões e auditor de instalações elétricas industriais.

  Aqui as notícias são atualizadas periodicamente, mantendo informados os profissionais da área.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosões em bueiros - BR.

  Tendo em vista o elevado número de explosões e incêndios em bueiros no Brasil, o Cabum! elaborou um mini-site especial, com eventos em várias cidades. Conheça o mini-site exclusivo sobre eventos em bueiros clicando aqui.
  Estes eventos afetaram a vida de vários cidadãos e algumas vítimas ficaram com graves sequelas.

 

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Colabore com o Cabum!

  Sabemos que as ocorrências de explosões que chegam à mídia são apenas uma pequena parcela. Se você souber de ocorrências não relatadas aqui, mesmo que de pequeno porte, você pode evitar que tal fato se repita e faça outras vítimas. Envie um breve relato do fato para este e-mail , se possível com fotos ou vídeos, que o publicaremos, preservando o anonimato do colaborador.
  Você também pode nos informar eventuais problemas com os links deste site.
  Desde já agradecemos.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Conheça a seção Consultas Técnicas

 Para conhecer diversas perguntas já feitas, basta clicar aqui.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em caminhão - PE.

  Em 22/05/15 explodiu um caminhão-tanque, deixando um homem com 40% do corpo queimado, na Estrada de Mangue Seco, em Cruz de Rebouças, Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. A vítima foi socorrida de helicóptero pela Polícia Rodoviária Federal e levada para o Hospital da Restauração.
  O homem era soldador e realizava uma manutenção no veículo, que transportava combustível e estava vazio no momento do acidente.
  As causas da explosão e o estado de saúde do homem não foram divulgados.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em depósito de combustíveis - SP.

  Em 02/04/15, segundo testemunhas, pelo menos uma explosão em um tanque de etanol deu início a um incêndio de grandes proporções no depósito da Ultracargo, no bairro industrial da Alemoa, às margens da via Anchieta, em Santos, no litoral de São Paulo. Duas pessoas foram hospitalizadas: uma por estado de choque e outra por inalação de fumaça.
  O complexo de estocagem de combustíveis possui cerca de 175 tanques, e a Capitania dos Portos logo determinou a suspensão da circulação de navios na região, desde o BTP (terminal de contêineres) até o fim do canal de navegação, próximo a Cubatão.
  Apesar da Ultracargo ter divulgado no mesmo dia uma nota assinada pelo presidente Ricardo Catran, que "o incêndio estava contido e que a Brigada de Incêndio evacuou a área e acionou o plano de ajuda mútua", pouco depois um segundo tanque se incendiou e no dia seguinte, cinco tanques já haviam sido atingidos sem que o fogo fosse interrompido, uma vez que não havia tecnologia para combatê-lo: os bombeiros tentaram combater as chamas diretamente com espuma, mas não obtiveram sucesso porque as temperaturas altas, de 800 ºC, faziam com que a espuma evaporasse antes mesmo de chegar ao foco do incêndio. Desta forma, limitaram-se a resfriar os cerca de 40 tanques ao redor do fogo, temerosos que a tubulação entre eles não resistisse ao calor e, ao se romper, espalhasse combustível pelo terminal.
  Seguranças do Grupo Souza Lima, que atuam numa das empresas vizinhas, disseram não receber treinamento para situações desse tipo. Segundo eles, pessoas fugiram deixando para trás carros, motos e caminhões. Até pessoas longe do terminal disseram que o chão tremeu, e deixaram o local voluntariamente com medo de novas explosões.
  Em 04/04/15 uma nova explosão provocou o incêndio do sexto tanque. Em 05/04/15 peixes mortos começaram a aparecer no Rio Casqueiro, em Cubatão, além de pessoas reclamando de irritação nas vias respiratórias. A Prefeitura chegou a estudar a possibilidade de ordenar a evacuação de moradores de bairros próximos.
  Em 08/04/15 apenas um tanque continuava em chamas, e o combate ao incêndio mobilizava 137 bombeiros e 46 viaturas. O acesso ao Porto de Santos continuava bloqueado desde 06/04/15 e pelo terceiro dia os caminhões enfrentaram um bloqueio na via Anchieta, rodovia que liga a capital ao litoral. Cerca de 7 toneladas de peixes mortos acumulavam-se no Rio Casqueiro.
  As consequências de um evento destes, tanto para o meio-ambiente quanto para a saúde das pessoas, serão sentidas mais tarde, a exemplo do incêndio ocorrido em 2005 em um terminal de combustíveis em Buncefield, na Inglaterra, que resultou em prejuízos de US$ 1 bi - conforme noticiado pelo Daily Mail.
  A foto mostra o início das chamas na Ultracargo, em 02/04/15.

 

Sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em siderúrgica - MG.

  Em 03/03/15 houve uma explosão na coqueria 2 da unidade Gerdau Ouro Branco, na Rodovia MG-443 km 7, em Congonhas, MG. Houve um grande estrondo e chamas foram vistas de longe, sendo que uma torre de 130 metros de altura ficou destruída, restando apenas 40 metros.
  Extra oficialmente foi levantado que dois funcionários estavam com suspeita de fraturas nos membros inferiores, e outros seis, com ferimentos mais leves, foram levados para atendimento médico na FOB em Ouro Branco.
  A empresa informou que estava dando a assistência necessária aos seus oito colaboradores e que estaria trabalhando para detectar e sanar as causas do incidente.
  A foto do Fato Real mostra as chamas.

 

8 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em plataforma - ES.

  Em 11/02/15 houve uma explosão na casa de bombas do navio FPSO Cidade de São Mateus, na Bacia do Espírito Santo, que matou três trabalhadores na hora, dois alguns dias após, e dos outros quatro inicialmente dados como desaparecidos, foram encontrados os corpos (o último em 02/03/15, dezoito dias após a explosão), totalizando nove vítimas fatais e 33 feridos, dos 74 que estavam a bordo. A Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo confirmou ter recebido dez feridos.
  A plataforma é gerenciada e operada pela empresa BW Offshore e de acordo com o Sindicato, o acidente foi causado por um vazamento de gás.
  A ANP anunciou o envio de duas equipes para acompanhar a investigação do acidente: uma foi para a sala de crise da Petrobras, no Rio de Janeiro e a outra embarcou no FPSO, negando ter havido derramamento de óleo.
  A ANP destacou ainda que o navio-sonda recebeu declaração de conformidade da Marinha em 2015, tendo atualizado sua documentação marítima em setembro de 2014.
  A Capitania dos Portos do Espírito Santo abrirá um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), a fim de esclarecer as causas e responsabilidades pelo ocorrido na plataforma. O prazo dado para a conclusão do Inquérito é foi de 90 dias, cerca de 15/05/15.
  A Gazeta Online publicou um vídeo da plataforma após a explosão.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em silo - PR.

  Em 01/02/15, uma explosão em uma unidade da cooperativa agroindustrial Coamo em Brasilândia do Sul, no noroeste do Paraná, em um silo de grãos.
  De acordo com a Unidade de Pronto Atendimento do município, os funcionários sofreram queimaduras de segundo grau. Três deles foram atendidos na unidade e liberados; outros dois foram transferidos para o hospital Norospar em Umuarama, no noroeste do estado, para receber tratamento especializado.
  Parte do silo, que estava vazio, foi arrancada. Várias peças de zinco na cobertura e um pedaço da parede de concreto, foram lançados a mais de 50 metros, parando às margens da PR-486.
  Segundo o gerente da unidade, Jorides Zoratto, não se sabe o que provocou a explosão, sendo que a perícia deverá emitir um laudo sobre as causas.
  A foto do G1 PR mostra o combate às chamas.

 

5 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em metalúrgica - MG.

  Em 22/01/15 houve uma explosão na Metalúrgica Continental, na Rua Benedito Gonçalves, 1955, Bairro Icaraí, em Divinópolis, Região Centro-Oeste de Minas.
  Segundo os bombeiros, o gás se acumulou em uma estufa, onde havia um operário trabalhando. Com o impacto, Felipe Augusto dos Santos, 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. Os destroços também atingiram Paulo Cesar Borges, 48, que foi conduzido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com suspeita de hemorragia interna na região do abdômen.
  A estrutura do galpão ficou totalmente destruída, e por isso, o local foi totalmente isolado. A Defesa Civil foi acionada.
  A metalúrgica não se pronunciou sobre o acidente.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em refinaria - BA.

  Em 18/01/15, uma explosão na Refinaria Landulpho Alves (RLAM) da Petrobras, na Bahia, durante uma parada programada de manutenção feriu três funcionários. A empresa declarou que "o abastecimento ao mercado não será afetado"; "todos os serviços da parada de manutenção foram interrompidos para averiguação das causas do acidente" e que "os feridos foram prontamente atendidos pela equipe médica da refinaria, e encaminhados ao hospital com toda a assistência necessária".
  Já o Sindicato dos Petroleiros da Bahia informou que a explosão ocorreu no Vaso 3818 de hidrogênio da U-38, durante um serviço de manutenção e que as vítimas foram primeiramente para o Hospital de Medicina Humana, em Candeias e depois removidos para Salvador: um caldeireiro da terceirizada Victória (José Adailton) está em estado grave, com queimaduras em 70% do corpo e fratura exposta na perna esquerda; outro caldeireiro, também da Victória (Jonas Leal), teve queimaduras em 25% do corpo, e uma vigia da empresa Potencial (Jucineide de Jesus) teve queimaduras em 10% do corpo (rosto) e corte na cabeça.
  O Sindipetro Bahia denunciou que em quatro dias antes, em 14/01/15, havia ocorrido um incêndio na U-30 da mesma refinaria.
  A foto do Sindipetro BA mostra o combate às chamas.

 

3 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em caminhão - MG.

  Em 13/12/14 houve uma explosão em um caminhão-tanque no km 248 da BR-381, em Ipatinga, no Vale do Aço. O motorista do veículo, que transportava 35 mil litros de combustível, seguia pelo sentido Coronel Fabriciano / Ipatinga quando perdeu o controle da direção no Morro da Usipa.
  O caminhão pegou fogo e os três ocupantes foram carbonizados. As chamas se espalharam rapidamente e atingiram outros dois carros e uma moto. Por sorte, as pessoas que ocupavam os outros veículos conseguiram escapar e não se feriram.
  A foto do Estado de Minas mostra o combate às chamas.

 

Três mortos

---------------------------------------------------------------------------

:. Dia do engenheiro eletricista - RJ.

  Em 27/11/14 no Clube de Engenharia, Rio de Janeiro, a ABEE - Associação Brasileira dos Engenheiros Eletricistas - Seção Rio de Janeiro, prestou homenagem ao engenheiro Dácio de Miranda Jordão, por sua contribuição à disciplina de instalações elétricas em atmosferas explosivas.
  A homenagem foi feita durante a comemoração do Dia do Engenheiro Eletricista (23/11), no ano do 20º aniversário do I EPIAEx - Encontro Petrobras sobre Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas (primeiro congresso brasileiro dedicado exclusivamente ao tema), realizado no Rio de Janeiro, em 12 e 13/04/94 e cuja Comissão Organizadora foi formada pelos eng. Dácio, Estellito e Godoy. O trabalho de abertura do I EPIAEx está disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=SfVdslDvjmo
  A foto da cerimônia mostra da esquerda para a direita: Estellito Rangel Jr.(representando o homenageado), Regina Moniz (ABEE) e Francis Bogossian (Presidente do Clube de Engenharia).

 

Entrega da placa

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em balsa - AM.

  Em 27/11/14 explodiu uma balsa no Rio Negro, em Manaus, quando fazia transporte de combustível nas proximidades da Ilha do Marapatá, no Distrito Industrial 1, e deixou uma vítima em estado gravíssimo, com 70% do corpo queimado, com queimaduras de 3º grau na face, tórax, abdômen e membros superiores, segundo o Hospital 28 de Agosto, para onde o homem foi levado com outras duas pessoas. O Corpo de Bombeiros informou que, ao todo, sete pessoas ficaram feridas.
  A explosão foi muito forte e sentida por moradores da região. Testemunhas disseram que ouviram um forte barulho, seguido de um tremor no momento da explosão. "A porta de vidro tremeu, as cadeiras balançaram e pensei que fosse um terremoto", relatou a mãe da advogada Isabella Santos.
  A foto mostra a balsa, na segunda explosão deste tipo em 20 dias no Amazonas.

 

sete feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em caminhão - SP.

  Em 17/11/14 houve uma explosão em um caminhão carregado com piche em uma obra de duplicação da BR-153, no trecho urbano de Ourinhos, SP.
  Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente foi no momento em que dois caminhões estavam se abastecendo com 3.000 litros de massa asfáltica e dois funcionários da empresa estavam no local, um dentro de um caminhão e o outro embaixo do segundo.
  Os bombeiros demoraram quase três horas para controlar o fogo e fazer o rescaldo. Disseram que as causas ainda serão investigadas, mas o manuseio do produto pode ter causado o acidente, porque o veículo para receber esse produto, precisa de uma certa temperatura, devendo ser verificado se houve contato desse produto com o maçarico”. Também será verificado na perícia se os caminhões tinham certificação do Inmetro para transportar esse tipo de produto.
  A foto de Renata Tibúrcio mostra o combate às chamas.

 

Dois feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em gasoduto - SE.

  Em 16/11/14 houve uma explosão no Gasoduto Norte, da Petrobras (de Robalo para Carmópolis), próximo as estações de Jericó e Entre Rios, no município de Carmópolis, em Sergipe. A explosão seguida de incêndio ocorreu numa linha de 12 polegadas que trabalha com uma pressão de 60 Kgf/cm² de pressão. Sem feridos.
  Segundo o Sindipetro AL/SE, esta é a segunda explosão neste mês, tendo sido a primeira no dia 05/11, na estação SZ1, em Siriri, onde um petroleiro terceirizado sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau.
  A foto do Sindipetro AL/SE mostra o local.

 

sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em caminhão - MG.

  Em 14/11/14 houve uma explosão no tanque de um caminhão de transporte de um subproduto de soja, dentro da fábrica de sabão Alquimisa Industrial Ltda, localizada na Rua das Falcatas 1074, no bairro Jardim Alterosa II, em Betim. A fábrica produz sabão e detergentes em pó.
  Dois funcionários trabalhavam usando solda elétrica para instalar uma placa na parte de cima do veículo, momento em que houve a explosão.
  Os dois trabalhadores foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados ao Hospital Regional de Betim.
  A imprensa entrou em contato com o hospital, que não divulgou o estado de saúde das vítimas. A fábrica foi procurada, porém ninguém atendeu aos telefonemas.
  A foto do O Tempo mostra o local.

 

Dois feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em navio - RS.

  Em 08/11/14 houve uma explosão em um navio ancorado às margens do Guaíba, na Zona Norte de Porto Alegre, pertencente à Navegação Guarita. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um homem morreu quando fazia solda na embarcação que transporta produtos inflamáveis, como aditivos de gasolina.
  A diretoria da empresa disse aos bombeiros que foram cumpridos todos os procedimentos de segurança para que o serviço fosse realizado. Mesmo assim, a Marinha e a Polícia Civil vão investigar as causas do acidente para verificar se houve falha ou possível negligência.
  A foto mostra o local.

 

Um morto

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em balsa - AM.

  Em 07/11/14 a Marinha do Brasil emitiu nota, por intermédio do Comando do 9o Distrito Naval (Com9°DN), comunicando que foi entregue na Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC), uma carta da empresa Cidade Transporte Ltda, relatando explosão envolvendo comboio de duas balsas com o empurrador City XIII, que transportava gasolina de Manaus a Tabatinga, no Rio Solimões.
  O documento cita que o acidente ocorreu a quatro horas do município de Jutaí-AM, resultando em três pessoas feridas e outras três desaparecidas. Posteriormente, o Comando de Policiamento do Interior da Polícia Militar (CPI) informou que os três feridos morreram algumas horas após o acidente, com mais de 95% dos corpos queimados.
  Segundo o CPI, a embarcação explodiu após bater em um tronco submerso, o que causou o vazamento do combustível transportado. A explosão teria acontecido quando a tripulação tentou transferir a carga para outro compartimento e a bomba do motor "soltou faíscas" ao ser ligada.
  Em 10/11/14 foi encontrado o corpo de um dos desaparecidos, elevando para quatro o número de mortos.
  A Marinha iniciará os procedimentos para instaurar Inquérito Administrativo sobre Fatos da Navegação (IAFN), visando apurar as causas e as responsabilidades pelo acidente.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em oficina de caminhão - SP.

  Em 31/10/14 houve uma explosão no tanque de um caminhão de transporte de produtos químicos que deixou um mecânico morto e uma pessoa com ferimentos leves na Avenida dos Bandeirantes 290, no bairro Aliança, em Osasco. Um forte barulho foi escutado pelos vizinhos no momento da explosão.
  O perito da Polícia Civil, Gui Schoroer, disse que no momento da explosão o soldador estava em cima do caminhão, e que ainda não dava para afirmar o que causou a explosão.
  De acordo com a Polícia Militar, ele lixava o tanque do veículo, que estava vazio, o que pode ter causado uma faísca que detonou um resíduo de gás inflamável, provocando a explosão.
  A foto mostra o local.

 

Um morto

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria farmacêutica - MG.

  Em 21/10/14 houve uma explosão na Cimed Indústria de Medicamentos Ltda., em Pouso Alegre (MG), que deixou inicialmente, vinte e seis trabalhadores feridos.
  Segundo o Hospital Samuel Libânio, três vítimas em estado grave foram para a UTI, sendo que uma morreu na madrugada do dia seguinte.
  A explosão aconteceu na estufa de secagem de medicamentos. Com o impacto, parte de um galpão desmoronou e foi interditado. O incêndio começou por volta de 6:30 h e só foi controlado três horas depois.
   A unidade de Pouso Alegre possui cerca de 1,2 mil funcionários.
  A foto EPTV mostra o local.

 

Um morto

---------------------------------------------------------------------------

:. Artigo sobre explosões é premiado - SP.

  Em 22/09/14 a Abracopel - Associação Brasileira para Conscientização dos Perigos da Eletricidade - realizou a cerimônia do 8º Prêmio Abracopel de Jornalismo (que visa incentivar e reconhecer iniciativas sobre a importância da segurança das instalações elétricas), e concedeu menção honrosa ao artigo "Explosões nas instalações industriais com milho e açúcar", publicado na Revista Incêndio de fevereiro de 2014.
  Este artigo, escrito pelo especialista eng. Estellito R. Junior, foi o único sobre o tema explosões de pós combustíveis, citando explosões recentes no Brasil e mostrando como um plano de inspeções nestas instalações elétricas contribui decisivamente para a segurança da planta.
  A foto do mostra o eng. Estellito ao centro, com o diploma da premiação.

 

Eng. Estellito recebe menção honrosa

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em refinaria de petróleo - SP.

  Em 11/09/14 houve uma explosão na Refinaria Henrique Laje (Revap) em São José dos Campos, no interior de São Paulo, que deixou seis trabalhadores feridos.
  De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, o acidente aconteceu em uma obra interna e dentre as vítimas estavam dois funcionários da própria refinaria e quatro da empresa terceirizada Potencial Engenharia.
  A Secretaria de Saúde informou que dois homens, com 40% e 15% dos corpos queimados, foram atendidos no pronto-socorro da Vila Industrial antes de serem encaminhados junamente com as outras quatro vítimas para o hospital Policlin, o qual informou que não iria divulgar o estado de saúde dos pacientes.
  A Petrobras declarou que o acidente "não provocou dano ambiental" e que as unidades da refinaria continuaram operando normalmente. Em nota, a empresa afirmou ainda que as causas da ocorrência estão sendo analisadas e que "presta assistência para as vítimas e suas famílias".
  Por sua vez, a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) informou que um técnico do órgão foi deslocado até o local para apurar as causas do acidente.
  A foto do G1 mostra a entrada da refinaria que ocorreu a terceira explosão na empresa em dois meses.

 

Seis feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em fábrica de gases - AM.

  Em 08/09/14 houve uma explosão na fábrica de gases industriais da White Martins, localizada na Avenida Autaz Mirim, no Distrito Industrial de Manaus, que segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), feriu cinco pessoas.
  A suspeita é que a explosão tenha ocorrido em um caminhão que estava sendo abastecido de gás, por volta das 11 h. O caso será investigado.
  De acordo com testemunhas, o barulho da explosão foi ouvido em fábricas vizinhas e muitos vidros ficaram quebrados. Equipes do Corpo de Bombeiros informaram que o estrondo da explosão também foi sentido na base da corporação, situada a mais de 1 km da empresa.
  A foto do G1 mostra um pedaço do tanque do caminhão.

 

Cinco feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em refinaria de petróleo - AM.

  Em 17/08/14 houve uma explosão na Refinaria de Manaus (Reman), da Petrobras, que deixou um técnico de operação gravemente ferido, com 75% do corpo queimado.
  A empresa confirmou que a explosão foi controlada pela brigada de emergência da refinaria, mas não informou as causas do acidente. A Petrobras afirmou ainda que estava dando assistência ao técnico e familiares, tendo ressaltado que "não houve danos ambientais".
  A Refinaria Isaac Sabbá fica localizada às margens do Rio Negro e em maio de 1974 foi incorporada ao Sistema Petrobras como Refinaria de Manaus (Reman). Desde o ano 2000 ela tem capacidade de processamento de 46 mil barris por dia, e atende os mercados dos estados do Pará, Amapá, Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima.
  Em nota, a FUP criticou as condições de segurança da Reman, destacando que em dezembro de 2013 uma explosão feriu três operadoradores da Petrobras, e em setembro de 2010, uma técnica de operação também sofreu um grave acidente na refinaria e morreu após 10 dias de internação.
  O vídeo do JAM mostra detalhes. Em 20/08/14 - três dias depois - o empregado veio a falecer.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em hospital - RN.

  Em 01/08/14 houve uma explosão no Hospital da Mulher de Mossoró, na região oeste do Rio Grande do Norte, que não deixou feridos, mas várias pacientes grávidas e doze bebês recém-nascidos tiveram de ser transferidos para outros hospitais da cidade.
  Informações preliminares apontam que a explosão foi na tubulação de oxigênio da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal, o que deixou o hospital sem energia elétrica. Segundo o Corpo de Bombeiros, a explosão também deixou parte do bairro sem energia elétrica.
  A foto do G1 mostra o local.

 

Felizmente sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em metalúrgica - SP.

  Em 24/07/14 houve uma explosão na metalúrgica Kyowa, na Estrada Assumpta Sabatini Rossi, no bairro Batistini, em São Bernardo do Campo, felizmente sem feridos.
  O teto do imóvel ficou destruído.
  Funcionários disseram ter visto o fogo começar nas matérias-primas utilizadas na siderurgia.
  A perícia irá indicar as causas. Janelas de casas vizinhas quebraram por causa da explosão. Segundo a Prefeitura de São Bernardo, não houve a necessidade de interdição de imóveis vizinhos.
  A Prefeitura informou ainda que a empresa possui alvará de funcionamento válido até dezembro de 2014 e também o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), de acordo com as recomendações.
  A foto do G1 mostra o local.

 

sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em armazém de grãos - RS.

  Em 03/07/14 houve uma explosão no armazém da unidade de beneficiamento de soja da Bianchini, situada no Distrito Industrial, próximo ao Polo Naval, em Rio Grande, ao sul do Rio Grande do Sul. Três pessoas ficaram feridas, sendo que uma veio delas a falecer quatro dias depois.
  O armazém tem aproximadamente 300 metros de comprimento e é utilizado para estocar farelo de soja e outros grãos, como milho e trigo.
  Segundo funcionários, a explosão ocorreu quando era feita uma manutenção no local. A principal suspeita é de que "uma faísca tenha provocado a explosão ao entrar em contato com os gases gerados pela fermentação dos grãos".
  A explosão provocou labaredas de 50 metros de altura e destruiu parcialmente o local. A parede lateral cedeu. O concreto das paredes chegou a atingir um caminhão que estava estacionado para descarregar os grãos.
  Duas guarnições dos bombeiros se deslocaram para o local, mas o trabalho de rescaldo entrou madrugada adentro. Dezenas de ambulâncias foram mobilizadas para auxiliar no resgate. Moradores relataram que o tremor causado pela explosão foi sentido em vários bairros de Rio Grande.
  As fotos mostram os caminhões e os dois galpões danificados na explosão.

 

1 morto
Um dos galpões
Vista dos dois galpões danificados

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em refinaria de petróleo - RJ.

  Em 03/07/14 houve uma explosão na refinaria Duque de Caxias (Reduc) da Petrobras, no Estado do Rio de Janeiro. Um operário ficou ferido, mas a produção não foi afetada, informou o diretor do Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias (Sindipetro Caxias), Simão Zanardi.
  A explosão ocorreu por volta das 11 horas em uma linha de vapor em unidade que faz parte do setor de geração de energia elétrica da refinaria. A Reduc tem capacidade para processar cerca de 240 mil barris de petróleo por dia.
  O sindicalista afirmou que a refinaria enfrenta falta de manutenção e de efetivo.
  Procurada, a Petrobras não se manifestou.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria - SP.

  Em 01/07/14 houve uma explosão em um equipamento na fábrica da Faber-Castell em São Carlos, SP.
  Um funcionário ficou ferido.
  Em nota, a empresa informou que o acidente foi causado por uma "falha técnica em um equipamento", que será investigada. "A fábrica segue normas rígidas de padrões de segurança, inclusive na proteção contra incêndios", declarou a nota, sem informar qual equipamento explodiu.
  Por medida de segurança, os prédios foram evacuados.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em posto de gasolina - PE.

  Em 28/05/14 explodiu um posto de gasolina da BR, na esquina da Estrada Velha de Água Fria com a Rua São Bento, em Água Fria, zona norte de Recife, que destruiu nove veículos, quatro motos e avariou um caminhão-tanque. A explosão não deixou feridos, mas o pânico ao redor da comunidade foi grande.
  Em princípio a explosão aconteceu quando o caminhão abastecia o tanque do posto, repetindo o ocorrido no posto Shell em Pinheiros, São Paulo, em 19/11/2007. A polícia investiga se houve negligência, podendo haver indiciamento por crime ambiental.
  A foto da JC Imagem mostra o local.

 

sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em shopping - SP.

  Em 25/04/14 um homem morreu após ser atingido pela explosão de um tambor no Via Vale Garden Shopping, em Taubaté, no interior de São Paulo.
  A explosão aconteceu durante a montagem de uma pista de kart, que está sendo construída em cima do estacionamento coberto do shopping, que fica às margens da Dutra e foi inaugurado em 2012.
  De acordo com informações preliminares dos bombeiros, a vítima estava soldando a estrutura de uma cobertura de lona, utilizando tambores como contrapeso para manter os toldos no chão.
  Os tambores haviam servido anteriormente para armazenar algum líquido inflamável - não identificado pela perícia. Uma faísca teria causado a explosão.
  A assessoria de imprensa do Via Vale informou que "lamenta o ocorrido que causou a morte de um colaborador da empresa contratada por um locatário para executar a montagem e operação do empreendimento".
  O local foi isolado pela perícia, mas o shopping seguiu funcionando normalmente.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Vazamento em terminal - RJ.

  Em 31/01/14 houve um vazamento de Nafta no TABG (Terminal Aquaviário da Baía de Guanabara), uma unidade da Transpetro. Segundo o Sindipetro-RJ, houve 10 vítimas, uma das quais internada.
  O sindicato deverá ser convocado pela Transpetro (subsidiária da Petrobras) para a investigação do acidente.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em estaleiro - RJ.

  Em 10/01/14 dois soldadores ficaram feridos após uma explosão no estaleiro Mauá, na Ponta D'Areia, em Niterói, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí.
  Segundo o presidente do sindicato, o acidente ocorreu numa rede de transmissão de oxigênio e acetileno que alimentam os maçaricos, usados para cortar o aço dos navios no Mauá.
  Foram três explosões de grande intensidade. O estaleiro terá de ser vistoriado e periciado antes da reabertura. Os trabalhadores se feriram por conta de uma queda, após correrem fugindo do local onde houve a explosão.
  Moradores da região informaram que paredes de casas e prédios chegaram a tremer durante a explosão.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria química - SP.

  Em 06/01/14 houve uma explosão na fábrica dos produtos para limpeza automotiva Lava Car, a J. C. Homsi & Cia. Ltda., no Distrito Industrial de S. José do Rio Preto, que vitimou oito empregados, sendo seis intoxicados e dois gravemente queimados: Michael Douglas Junio Santos Silva, 20 anos com 90% do corpo queimado, e a gerente Michele Cristina Barbosa, de 30 anos e com queimaduras de 2º e 3º graus na cabeça, rosto, braço, peito e barriga.
  Segundo o boletim de ocorrência, eles manipulavam produtos químicos em um compartimento aquecido quando, ao misturar mais componentes à fórmula, uma reação química provocou forte explosão.
  O incêndio demorou duas horas para ser controlado. A gerente Michele morreu dois dias depois e o auxiliar Michael morreu seis dias depois.
  A Polícia Científica esteve na empresa e as causas do acidente seriam investigadas pela Polícia Civil.
  Quase três meses depois, o programa Balanço Geral mostrou o andamento do caso, conforme vídeo abaixo.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Incêndio em refinaria - RJ.

  Em 04/01/14 houve um incêndio na unidade de coque da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc). Segundo nota da Petrobras, o incêndio ficou restrito a um equipamento específico e a unidade "está preservada", não havendo feridos nem danos ao meio-ambiente.
  A companhia investiga as causas do incidente.
  Na semana passada, a Petrobras informou um incêndio na plataforma P-20 que também obrigou a interrupção temporária de sua produção.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em navio de propeno - BA.

  Em 17/12/13 houve uma explosão no navio Golden Miller, no Porto de Aratu, em Candeias, na região metropolitana de Salvador. Um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN) foi instaurado para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido. O prazo de conclusão é de 90 dias.
  De acordo com a Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), uma falha no compressor da unidade de reliquefação do navio, que era carregado por gás propeno no momento do acidente, pode ter causado a explosão. A embarcação Golden Miller estava com 22 tripulantes, de acordo com o comandante. Dois ficaram feridos levemente, com queimaduras de primeiro grau.
  Por causa do acidente, as atividades foram suspensas no terminal de gás e líquidos, operando apenas com o terminal de sólidos, segundo a Codeba. Técnicos do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) fizeram análises para descobrir se a água do mar da Baía de Todos-os-Santos foi infectada com os produtos químicos que vazaram do navio. Foi feita a contenção com o uso de barreiras absorventes espalhadas pelo mar. Nas praias, foram retirados os resíduos, o óleo foi recolhido em sacos plásticos e levado para a base da empresa responsável pela limpeza.
  As fotos mostram o ocorrido.

 

2 toneladas de materiais jogados ao mar
controle das chamas

---------------------------------------------------------------------------

:. Laudo pericial divulgado - PR.

  Em 17/12/13 o Instituto de Criminalística da Polícia Civil de Londrina divulgou a perícia da explosão ocorrida em 18/11/13 em um silo de grãos da empresa ATT Armazenagem Transporte e Transbordo em Londrina, norte do Paraná. A perícia concluiu que o acúmulo de poeira, sobras de grãos e gases decorrentes da decomposição de cereais que estavam armazenados no silo causaram uma "pseudoexplosão" (!?), ou seja, uma chama muito intensa foi deslocada pelo ar presente no fosso do elevador (!?). A investigação também apontou falhas no sistema de exaustores do local, o que contribuiu com o acidente.
  Em 18/11/13 a explosão no terminal de transporte e armazenamento de grãos da ATT deixou quatro funcionários feridos. Em 23/11/13 um dos funcionários morreu no hospital e outros dois trabalhadores não resistiram às queimaduras e faleceram no dia 1° de dezembro, totalizando 3 mortos.
  Segundo o Corpo de Bombeiros, os trabalhadores estavam limpando um dos silos, que ficava ao lado do elevador, quando ocorreu a explosão.
  A perícia tirou fotos do local e concluiu que os funcionários limpavam o silo a 15 metros de profundidade, e que o "atrito causado pelas ferramentas contra a parede do silo" pode ter iniciado as chamas, uma vez que a poeira destes materiais orgânicos estava no ambiente. O chefe do Instituto de Criminalística, Luciano Bucharles, encaminhará o laudo para a Polícia Civil, responsável pela investigação do caso. Recebendo o laudo, a delegada irá então convocar pessoas para depor no processo.
  O vídeo traz mais detalhes.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em usina de álcool - SP.

  Em 17/12/13 ocorreu uma explosão em um tanque de etanol da Usina Fazenda Santo Antônio, pertencente à Raízen, em Dois Córregos, a 73 quilômetros de Bauru (SP). O tanque com capacidade para armazenar três milhões de litros do combustível derreteu com as chamas que atingiram mais de 30 metros de altura. Ninguém ficou ferido.
  Uma empresa terceirizada trabalhava com solda próximo ao tanque. O fogo foi controlado pelos bombeiros de Jaú, Baurú e pela brigada de incêndio da usina. O tanque estaria com apenas 600 mil litros de etanol.
  A foto mostra o ocorrido.

 

sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em área rural - SP.

  Em 16/12/13 houve a explosão do tanque de combustível de um trator. Moacir Muniz de Santana, de 45 anos, faleceu. Ele trabalhava no Assentamento Araça, em Engenheiro Taveira, zona rural de Araçatuba onde operários da região de Presidente Prudente prestavam serviço à Codasp.
  O trabalhador abastecia o trator quando ele viu faíscas saindo do tanque de combustível, e em seguida a explosão aconteceu. Moacir teve 90% do corpo queimado, foi socorrido, mas morreu horas depois na Santa Casa de Araçatuba.
  Um técnico, que pediu para não ser identificado, disse que aconteceu um curto na bomba, que o vapor quente do tanque provocou a explosão e que a tragédia poderia ter sido evitada se a bateria tivesse sido desligada.
  De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros, Marcelo Lorusso, o lugar para funcionar como armazenamento de mil litros de óleo diesel deve contar com medidas especiais de prevenção.
  O vídeo traz detalhes.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria química - PE.

  Em 11/12/13 ocorreu uma explosão na fábrica de Produtos Químicos Bumerangue, localizada em Jardim Prazeres, Jaboatão dos Guararapes, que deixou duas pessoas feridas. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central do Recife. Cinco residências ficaram completamente destruídas e outras quatro casas tiveram danos menores.
O delegado Alexandre Magno, da Delegacia de Prazeres, informou que a empresa era a única no Estado com autorização para realizar a desinfecção de tanques de gás, e que os documentos da empresa estão regulares.
 O delegado explicou que os caminhões chegam à empresa com os tanques. Naquele dia um desses veículos chegou lá e encostou no muro, próximo às casas. Alexandre Magno acredita que houve um vazamento de gás, ficando "acumulado na parede" e que alguém do lado de fora acendeu algo que causou a explosão, como um cigarro, um fogão ou uma lâmpada. Ele acredita que o estopim não estava dentro da fábrica.
  O Instituto de Criminalística irá confirmar as causas. A investigação ficará com a Delegacia de Prazeres.
  A foto mostra alguns danos.

 

2 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em usina de álcool - SP.

  Em 04/12/13 ocorreu uma explosão na Usina Santa Elisa, em Sertãozinho (SP). Segundo informações da empresa Biosev, que gerencia a usina, a turbina de uma moenda de cana-de-açúcar explodiu, e as causas do acidente serão investigadas.
  Um dos funcionários morreu na hora. Outro trabalhador foi socorrido pela equipe de emergência da usina e levado para a Santa Casa de Sertãozinho, onde recebeu os primeiros atendimentos e depois foi transferido para um hospital particular em Ribeirão Preto (SP). Ele sofreu queimaduras no rosto e o estado de saúde é considerado grave. O local onde aconteceu a explosão foi isolado para realização de perícia.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em refinaria de petróleo - PR.

  Em 28/11/13 ocorreu uma explosão na Unidade de Destilação (U-2100) - a maior da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, região metropolitana de Curitiba. A equipe de contingência da unidade foi prontamente acionada e o incêndio subsequente controlado após duas horas. Segundo a assessoria de imprensa da Petrobras, não houve feridos nem danos ambientais e as causas do acidente serão apuradas.
  Apesar da Petrobras ter dito na ocasião que o abastecimento ao mercado não seria afetado, em 11/12/13 a diretora geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, disse que o país terá de aumentar as importações de diesel em razão daquela explosão.
  De acordo com o sindicato, o local foi bastante comprometido: houve danos estruturais e o calor do fogo chegou a entortar vigas de sustentação de equipamentos e dutos. Parte do petróleo vazou para a unidade de tratamento de descartes industriais da refinaria. Felizmente sem vítimas.
  O vídeo mostra detalhes.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em empresa alimentícia - GO.

  Em 25/11/13 ocorreu uma explosão na Friato Nutriza Agroindustrial que feriu pelo menos 25 pessoas em Pires do Rio, cidade a 142 km de Goiânia (GO). Segundo o Hospital Municipal da cidade, as vítimas teriam inalado fumaça após a explosão. Duas pessoas tiveram queimaduras e foram levadas para um hospital de Goiânia, e 23 permaneceram em Pires do Rio.
A empresa de laticínios onde ocorreu a explosão em um duto de amônia, informou que se pronunciará sobre o ocorrido.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em depósito de milho - PR.

  Em 18/11/13 ocorreu uma explosão na ATT Armazenagem Transporte e Transbordo, empresa de transporte e armazenamento de grãos instalada na Rua Primo Campana, no Jardim Rosicler, na região oeste de Londrina, que deixou quatro pessoas gravemente feridas, sendo que uma faleceu em 23/11/13. A explosão aconteceu em um elevador de grãos instalado em um fosso de aproximadamente 13 m de profundidade. Os trabalhadores estavam limpando um dos silos localizados ao lado do elevador, uma atividade executada diariamente.
  Três trabalhadores que estavam no elevador ficaram com queimaduras pelo corpo e foram encaminhados para as ambulâncias do Siate e precisaram ser entubados. A quarta vítima, em estado mais grave, ficou dentro do fosso até mais tarde, quando foi resgatada. Funcionários da empresa ajudaram os bombeiros no resgate. Os quatro trabalhadores sofreram queimaduras graves, de primeiro, segundo e terceiro graus e foram internados na ala de queimados do Hospital Universitário (HU). Por terem ficado expostos às chamas, eles respiraram fumaça e ar em altas temperaturas, o que causou queimaduras nas vias aéreas.
  De acordo com o proprietário da ATT, Sérgio Bonocielli, a empresa, que atua com esse nome há 20 anos no local, já passou por dois acidentes desse tipo. O primeiro foi há 15 anos. "Mas, na época, não teve essa gravidade. O milho é um problema. Esse procedimento (limpeza da unidade de transbordo) é feito justamente para evitar problemas dessa natureza, já que a película é inflamável", informou. Peritos do Instituto de Criminalística investigarão o que pode ter ocorrido.
  A foto mostra o ocorrido.

 

1 morto, 3 gravemente feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em posto de gasolina - MG.

  Em 06/11/13 explodiu um posto de gasolina em Montes Claros, deixando um adolescente de 13 anos ferido nas pernas e no rosto, e um funcionário na perna. De acordo com os bombeiros, as v&íacute;timas passam bem e foram encaminhadas para hospitais da cidade.
  Segundo o Corpo de Bombeiros, a explosão foi causada por uma faísca de solda que "caiu no carro de um cliente durante uma troca de óleo".

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em serviço de solda - RO.

  Em 02/11/13 ocorreu uma explosão na empresa Cemape Transportes S.A., que faz transporte de combustíveis, em Porto Velho, no km 2,5 da BR 364 sentido Porto Velho - Cuiabá, que matou o soldador José Alves de Queiroz quando fazia uma solda em um tanque.
  O vídeo traz detalhes.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Provável explosão em terminal de açúcar - SP.

  Em 25/10/13 ocorreu novo caso de incêndio em dois depósitos de açúcar, desta vez da empresa de logística Agrovia, em Santa Adélia, no interior paulista. O fogo começou após uma faísca (teria sido uma explosão?) na esteira de movimentação da carga, e causou a perda de 28 mil toneladas do produto, com perdas iniciais calculadas em US$ 12 milhões.
  No local é feita a movimentação de carga de dez usinas da região de São José do Rio Preto, destinada ao Porto de Santos (SP) por meio da ferrovia. A Agrovia está movimentando este ano cerca de 2 milhões de toneladas de açúcar, o que corresponde a algo em torno de 8% a 10% da produção da região Centro-Sul.
  Equipes do Corpo de Bombeiros trabalharam mais de 100 horas para resfriar os focos de calor. No dia 27/10 o açúcar começou a se liquefazer sob a forma de xarope com temperatura de mais ou menos 80ºC e atingiu a Rua Cesar Rossi, o que exigiu a remoção de 17 pessoas de 7 residências próximas. A massa de xarope atingiu via um afluente, o Ribeirão São Domingos, que atravessa Pindorama, Catanduva, Catiguá, Tabapuã, Uchoa e deságua na margem esquerda do Rio Turvo.
  O xarope não é tóxico, mas em função da grande quantidade de material e a excessiva carga orgânica que contém, há diminuição do oxigênio dissolvido na água com consequente mortandade de cerca de 2 toneladas de peixes. O melaço avança cerca de 7 quilômetros por dia, e já atingiu Catanduva. Não é possível colocar barreiras de contenção no rio para reter o xarope, por se tratar de material totalmente solúvel em água.
  O vídeo mostra o ocorrido.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em terminal de açúcar - SP.

  Em 18/10/13 houve uma explosão no terminal da Copersucar no Porto de Santos, SP, resultando em incêndio que atingiu cerca de 180 mil toneladas de açúcar bruto. Por volta das 6:00 h trabalhadores do Porto de Santos ouviram uma grande explosão e logo o fogo tomou
conta de seis armazéns de açúcar, formando uma coluna de fumaça que pôde ser vista de outras cidades da região.
  Navios rebocadores auxiliaram no combate ao fogo jogando água do mar nos armazéns incendiados. A cerca de 300 metros do local era possível sentir calor e cheiro muito fortes.
  A Copersucar informou que dos quatro funcionários feridos, três ficaram hospitalizados, e que investigará as causas do acidente.
  Chama a atenção que em junho 2013 a empresa havia inaugurado as instalações agora incendiadas, que dobraram a capacidade de exportação para 10 milhões de toneladas. De acordo com a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), as dependências afetadas, dois armazéns próximos ao cais, quatro depósitos na retaguarda do terminal e as esteiras rolantes que transportam o produto, ficaram totalmente comprometidas, sendo o maior acidente no Porto de Santos.
  Este evento, além dos grandes prejuízos, impulsionou os preços do açúcar bruto para o nível mais alto desde 2 de janeiro na Bolsa de Nova York. Embora a oferta global continue abundante, analistas acreditam que o acidente deve causar sérios problemas logísticos, já que cerca de 60% da produção brasileira de açúcar bruto é escoada pelo Porto de Santos, sendo que só a Copersucar contribui com 25% deste volume, sendo a maior exportadora brasileira de açúcar e etanol.
  O vídeo do jornal A Tribuna mostra o ocorrido.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em usina de biodiesel - BA.

  Em 02/10/13 ocorreu uma explosão na empresa V-Biodiesel, em Iraquara, ferindo dois trabalhadores e matando um terceiro, todos da empresa terceirizada Metalúrgica Porto Nacional - MPN. Segundo testemunhas, um tanque de aproximadamente 15 m de altura que armazenava metanol, explodiu quando estavam fazendo manutenção no mesmo, incluindo serviços de solda.
  O Sindiquímica BA informou que a V-Biodiesel já foi autuada pela Justiça do Trabalho por várias vezes, devido às precárias condições de trabalho e descumprimento das normas trabalhistas. A empresa aguarda a realização da perícia policial.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em obra de saneamento - SP.

  Em 28/09/13 ocorreu uma explosão em uma obra da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) na Rua Vasconcelos Drumond esquina com a Rua Coronel Diogo, no Ipiranga, na Zona Sul da capital paulista, que arremessou um carro e uma chapa de aço em três casas, deixando ferido um transeunte.
  A obra havia sido iniciada e interrompida na sexta-feira 27 e continuaria na segunda-feira 30. A perícia vai investigar as causas do acidente.
  A Sabesp informou que a provável causa da explosão teria sido um problema na tubulação de água durante a obra de manutenção, que gerou forte vazamento, porém sem causar desabastecimento na região, pois a empresa realiza direcionamento por redes de água auxiliares.
  A reportagem do G1 mostra o local.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em fábrica de rações - PR.

  Em 26/09/13 ocorreu a explosão de um silo na Fábrica de Rações Diplomata, localizada às margens da BR-277, no Bairro Guarujá, em Cascavel. De acordo com funcionários da empresa, houve um ferido, queimado nas mãos.
  Segundo o Corpo de Bombeiros, após a explosão havia alguns focos de incêndio no produto que estava armazenado. A situação foi controlada em poucos minutos.
  A equipe realizou os trabalhos de rescaldo no local, para eliminar novos riscos de explosão.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em depósito de fertilizantes - SC.

  Em 25/09/13 a explosão seguida de incêndio em um depósito de fertilizantes como o nitrato de amônia, pertencente à empresa Global Logística no terminal marítimo de São Francisco do Sul, na BR-280, no Norte de Santa Catarina, , provocou uma nuvem tóxica que obrigou os bombeiros a evacuarem vários bairros e que se estendeu por vários quilômetros.
  O local armazenava cerca de 10 mil toneladas de fertilizantes como o nitrato de amônia, cuja oxidação produz uma fumaça densa, que irrita a pele, olhos e vias respiratórias. A Defesa Civil estabeleceu um perímetro de segurança de 800 metros de raio. Mais de 150 pessoas foram atendidas no Hospital Nossa Senhora da Graça. As vítimas com quadros de intoxicação mais graves foram levadas para o hospital de Joinville. O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, decretou situação de emergência na cidade.
  O incêndio químico apenas foi controlado pelos bombeiros após 60 horas de combate, que utilizou inclusive câmeras térmicas.
  A foto mostra o incêndio químico.

 

Mais de 150 famílias removidas

 

  Foi necessário montar uma piscina a cerca de 800 m do local do acidente para manter isolada a água usada no combate à fumaça, para evitar que o líquido que teve contato com o nitrato de amônia contaminasse o ambiente. O local foi impermeabilizado com lonas para receber até 300 mil litros de água. Nas 60 horas de combate à fumaça, os bombeiros utilizaram dois milhões de litros de água, sendo que boa parte evaporou ao ter contato com o nitrato de amônia. Mesmo assim, sobraram de 600 mil a 700 mil litros de água, que precisaram ser retiradas por caminhões-pipa e transportadas para tanques móveis que guardaram o líquido. Segundo a Secretaria do Meio Ambiente de São Francisco do Sul, a empresa Global Logística deverá dar uma destinação adequada tanto para os resíduos líquidos quanto para os resíduos sólidos. Uma das alternativas é a Petrobras, que teria oferecido uma estação de tratamento de esgoto em Paranaguá, PR.
  A Prefeitura de São Francisco do Sul encaminhou a contratação de empresas para análise do solo e da água nas regiões próximas à afetada pelo incidente, o que deve ser feito de forma rotineira nos próximos meses para garantir que não houve dano ambiental. A foto mostra o local após o término da operação de combate ao incêndio químico.

 

A água contaminada necessita destino adequado

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em fábrica de autopeças - MG.

  Em 20/09/13 houve uma explosão na CMP - Componentes e Módulos Plásticos, na Rua Américo Santiago Piacenza, Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o Corpo de Bombeiros o incêndio de grandes proporções foi iniciado em um galpão da fábrica e atingiram 5 cilindros de gás, que resultou em fortes explosões, sentidas a quilômetros.
  No entorno há tubulação de gás natural enterrada a dois metros de profundidade, segundo a Gasmig. A Defesa Civil Municipal acompanhou a situação no local e fechou o trânsito ao redor.
  A empresa fabrica painéis plásticos para automóveis e possuía depósito de diesel com capacidade de 10.000 l próximo aos cilindros de gás. O refeitório da empresa vizinha foi destruído por um pedaço de um dos cilindros e uma fumaça negra tóxica espalhou-se por vários quilômetros. Quatro pessoas ficaram feridas.
  A foto mostra o local.

 

4 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria de alimentos - MG.

  Em 13/09/13 houve uma explosão na Fábrica de biscoitos Petisco, na Rua Petúnias 1.338, Bairro Lindéia, Região do Barreiro, Belo Horizonte, cujas causas ainda serão apuradas.
  Preliminarmente os bombeiros apuraram que no local há um forno de 1,30 metro de altura e duas portas que com possível acúmulo de gás e algum fator desconhecido, explodiu. Uma das portas do forno foi arremessada e atingiu a funcionária Geise Reis, de 19 anos, que limpava uma geladeira a poucos metros do local.
  Com o impacto, a mulher acabou arremessada a uma distância de aproximadamente oito metros e veio a falecer. Outros três funcionários ficaram feridos, sendo que dois deles estavam com queimaduras e foram internados no hospital.
  O Corpo de Bombeiros informou que o imóvel não possuía laudo da corporação para funcionar, apesar de possuir central de gás, sinalização e extintor de incêndio. De acordo com Rafael Rodrigues, que testemunhou o acidente, o barulho foi muito forte, os dois portões da loja foram arremessados para fora e uma nuvem de pó tomou conta do imóvel.
  A foto mostra o local.

 

1 morto, 3 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em usina de álcool - SP.

  Em 28/08/13 ocorreu uma explosão na usina de cana-de-açúcar da Noble Bioenergia, em Catanduva, que deixou funcionários feridos, mas a empresa preferiu não conversar com a imprensa.
  Pessoas que estavam em frente à usina na hora do acidente confirmaram que houve uma explosão. "O barulho foi muito alto, deu para escutar de longe", disse o motorista de um caminhão que preferiu não se identificar. Do lado de fora, foi possível observar uma grande movimentação de funcionários em uma parte da empresa. Muitos estavam no estacionamento, ao lado de um dos galpões da usina.
  Os Bombeiros foram ao local mas disseram que o atendimento às vítimas foi prestado pela própria empresa, tanto que uma ambulância da usina saiu do local e foi até o Hospital São Domingos com dois funcionários para atendimento médico.
  Depois de três dias do ocorrido, a assessoria de comunicação enviou uma nota, dizendo que um problema no sistema externo de energia elétrica teria causado o rompimento de uma tubulação de ar da linha de vapor, o que provocou o vazamento de uma grande quantidade de vapor com um ruído excessivo. A nota informou ainda que ao realizarem os procedimentos de evacuação da área, alguns funcionários sofreram escoriações, foram atendidos pela equipe interna e encaminhados para hospitais de Catanduva, onde passaram por exames e foram liberados em seguida.
  A foto do jornal O Regional mostra a empresa.

 

sem precisar quantos feridos.

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em posto de combustíveis - RJ.

  Em 02/08/13 um caminhão de transporte de combustíveis explodiu no posto de gasolina Radar no bairro do Colubandê, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. O estabelecimento fica na Rodovia Amaral Peixoto, que chegou a ser interditada no sentido Alcântara. Outro caminhão-tanque também foi atingido pelas chamas, porém não explodiu. Ninguém ficou ferido.
  Havia cerca de 20 mil litros de etanol no caminhão que explodiu. O veículo ao lado estava carregado com outros 42 mil litros de combustível. O Quartel-Central do Corpo de Bombeiros informou ainda que 30 bombeiros foram acionados para atuar no combate às chamas.
  O motorista do caminhão, Carlos da Silva, 55, disse que parou para abastecer o posto. Por morar perto, ele foi até uma creche buscar a filha e o fogo já havia começado quando ele retornou. A vendedora de cachorro-quente Rosana Costa, de 49 anos, disse que do nada, um foco de incêndio pequeno começou atrás do caminhão. Tinha um funcionário do posto em cima do veículo fazendo o abastecimento. De repente, aquela chama, que estava um pouco distante, avançou rapidamente em direção ao caminhão. O funcionário pulou, saiu correndo e aí aconteceu a primeira explosão, muito forte. Ao todo foram quatro explosões, que deixaram apavorados os moradores da região, especialmente os da Rua Ana Cristina, vizinha ao posto.
  A foto mostra o local.

 

sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em recuperadora de pneus - RS.

  Em 22/07/13 uma explosão deu origem a um incêndio na empresa Vachileski Pneus, localizada na Rua João Caruso, distrito industrial de Erechim.
  Segundo o Corpo de Bombeiros, cerca de 100 voluntários, entre funcionários e moradores das proximidades, ajudaram nos trabalhos. Todos usaram máscaras para se proteger da fumaça tóxica. Quatro viaturas de combate a incêndio foram ao local. Seis pessoas foram atendidas no hospital com sintomas de intoxicação.
  A foto mostra o local.

 

sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria química - SP.

  Em 19/06/13 houve incêndio na indústria química Old Flex, na Avenida Ibirama 518, em Taboão da Serra, às margens da pista sentido capital paulista da Rodovia Régis Bittencourt, no limite das cidades de Embu das Artes e Taboão da Serra.
  No local havia 13 tanques com etanol e acetona. Dois deles explodiram, quatro pegaram fogo e sete ficaram intactos. Cerca de 10 pessoas estavam trabalhando no setor de produção, sendo que pelo menos cinco pessoas ficaram feridas, três delas com queimaduras graves nos membros superiores e rosto. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Geral de Pirajussara e Pronto-Socorro Municipal de Taboão da Serra.
  Cerca de 33 viaturas do Corpo de Bombeiros atenderam ao chamado, mas a temperatura no local chegou a ficar acima de 1.000 ºC, evaporando os jatos de água antes que atingissem o foco do fogo. O incêndio só não foi pior, porque os tanques continham álcool, uma substância que se mistura com a água e facilita o combate às chamas. Se fossem derivados do petróleo, o trabalho dos bombeiros seria mais difícil, levando dias para extinguir as chamas.
  Moradores de cerca de 50 casas na Estrada São Judas, próximo à fábrica, tiveram que deixar os imóveis e só retornaram depois que os bombeiros e a Defesa Civil se certificaram da não existência de risco. A Polícia Rodoviária Federal bloqueou os dois sentidos da Rodovia Régis Bittencourt a partir do km 276.
  A foto mostra o local.

 

5 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em depósito de combustíveis - RJ.

  Em 23/05/13 houve uma explosão no depósito de combustíveis da Transportadora Petrogold, em Duque de Caxias, RJ, que resultou na morte de um operário e sete feridos. Após a explosão, um incêndio atingiu doze casas vizinhas e demorou 24 h para ser extinto. No dia seguinte, uma nova explosão assustou os bombeiros.
  O funcionário da Petrogold Gelson da Silva Côrrea, de 43 anos, foi atingido pela primeira explosão no tanque, sofreu queimaduras em 90% do corpo, foi socorrido, mas morreu na UTI do Hospital Adão Pereira Nunes, o Hospital de Saracuruna. Ele seria o motorista do caminhão que realizava abastecimento no depósito.
  Segundo a prefeitura, o alvará municipal mais recente concedido à Petrogold é de 2009. Como ele tem validade de um ano, a empresa está irregular há quatro anos. Por conta da área de atuação, a empresa também teria que ser fiscalizada pela Secretaria Estadual do Ambiente e pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).
  O depósito tinha seis tanques (dois com gasolina, dois com álcool, um com óleo diesel e outro com água) e, embora esteja situado à margem de uma rodovia, fica em área residencial e bem em frente a uma escola municipal. O vento e a proporção das chamas fizeram com que o fogo atingisse também as casas e vários veículos na vizinhança.
  O vídeo mostra o local.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão de silo - MT.

  Em 21/04/13 ocorreu a explosão de um silo na unidade receptora de soja da Cargill, em Canarana, que deixou um saldo de quatro trabalhadores mortos. Segundo informações dos trabalhadores, na hora do acidente foi ouvida uma explosão e alguns conseguiram sair do local.
  De acordo com as Polícias Militar e Civil, os funcionários auxiliavam na passagem da soja pela boca do funil e na escavação para a saída dos grãos quando a explosão seguida de desabamento aconteceu.
  A Cargill disse que as causas do acidente serão apuradas rigorosamente e que os silos recebiam manutenção corriqueira, "não havendo qualquer indício de como o acidente teria acontecido".
  Por outro lado, técnicos ao verem a quantidade e dureza das placas de soja, estimaram que há muito tempo não era feita manutenção preventiva no silo. Também comentaram que abastecer o redler na saída do silo de espera sem um registro controlador, seria uma prática arriscada.
  O chefe da fiscalização na Superintendência do Trabalho e Emprego(SRTE), Amarildo Borges de Oliveira, informou que uma equipe de auditores será designada, com o objetivo de investigar onde, que tipo de falha motivou o acidente, e saber quais as condições de segurança oferecidas no ambiente de trabalho aos funcionários mortos e demais operários da Cargill.
  O prefeito Evaldo Diehl decretou em 22/04/13, luto oficial de três dias no município.
  A foto da Canarana News mostra o ocorrido.

 

4 mortos.

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria - RS.

  Em 19/04/13 houve uma explosão no setor de pintura da empresa John Deere, fabricante de colheitadeiras e plantadeiras situada na avenida Frederico Jorge Logemann, bairro Industrial de Horizontina, no Noroeste do estado, que veio a provocar a internação do empregado Eloi Levandoski, de 42 anos, devido a queimaduras em 80% do corpo. O empregado veio a falecer no dia seguinte.
  Segundo consta, a explosão ocorreu quando o empregado, que trabalhava há 17 anos no setor de pinturas da fábrica, fazia o armazenamento de produtos químicos inflamáveis.
  Em nota, a empresa lamentou a morte do funcionário.

 

 

---------------------------------------------------------------------------

:. 10 anos da EM Ex - SP.

  A edição de fevereiro 2013 da revista Eletricidade Moderna trouxe a 120° coluna EM Ex, a primeira dedicada ao tema de instalações elétricas em atmosferas explosivas e integrante de uma revista técnica mensal. Nossos parabéns à revista e ao profissional que assina a pioneira coluna ininterruptamente há dez anos, o eng. Estellito Rangel Jr., especialista em prevenção de explosões e primeiro representante brasileiro no TC-31 da IEC, que elabora as normas internacionais sobre o tema.
  A revista pode ser acessada online clicando-se aqui.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em indústria - RS.

  Em 30/03/13 houve uma explosão na na empresa Amalcaburio, no bairro Monte Bérico em Caxias do Sul, resultando em dois empregados intoxicados por fumaça e no dia seguinte, a morte da terceira vítima, Paulo Estevam Pereira, que trabalhava na manutenção de uma cabine de pinturas no momento em que ocorreu o estouro. Ele havia sido internado na UTI do Hospital da Unimed com queimaduras em cerca de 90% do corpo e com lesões inalatórias.
  Os Bombeiros foram acionados para controlar as chamas e ficaram na empresa por cerca de uma hora. As circunstâncias do acidente ainda não foram esclarecidas. A foto ClicRBS mostra o local.

 

1 morto

---------------------------------------------------------------------------

:. Vazamento de gás - MG.

  Em 13/03/13 houve vazamento do gás óxido de enxofre na unidade de ácido sulfúrico da Vale Fertilizantes, instalada no Distrito Industrial de Uberaba, MG. Cerca de 40 pessoas tiveram de ser atendidas no serviço médico da empresa, ou no hospital local.
  O sindicato da categoria e o Ministério do Trabalho foram acionados e deverão fiscalizar a área. Em nota a Vale Fertilizantes informou que a ocorrência foi solucionada.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em balsa - SP.

  Em 05/03/13 houve uma pequena explosão na balsa Paecará, que faz a travessia entre o distrito de Vicente de Carvalho e a cidade de Santos. Algumas pessoas passaram mal com a fumaça, mas sem gravidade.
Segundo informações da Dersa, a explosão teria acontecido depois de um problema no sistema hidraúlico da embarcação.
  Os 145 passageiros foram encaminhados para outra embarcação. A balsa seguia em direção a Santos, e oito pessoas precisaram ser atendidas pelo SAMU em terra firme.
  A embarcação é de 1970, e depois de um período de reformas voltou a funcionar em 2011.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em tubulação - SP.

  Em 03/03/13 houve uma explosão em tubulação de gás no bairro de Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Os trabalhadores da Sabesp abriam um buraco no asfalto para realizar um conserto na rede de esgoto quando a retroescavadeira rompeu a tubulação de gás. Moradores contaram que houve um forte barulho e os próprios funcionários sairam correndo.
  Os bombeiros foram chamados e a rua foi interditada, mas os moradores não foram obrigados a deixar suas casas, mas muitos se assustaram com o cheiro forte do gás e decidiram ir para outro local. O vazamento só foi controlado depois de quase uma hora e meia. Técnicos fecharam a válvula da tubulação danificada e fizeram o conserto.
  O vídeo traz mais detalhes

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Área contaminada - SP.

  Em 03/03/13 foi divulgado que cerca de 1.200 sem-teto que ocupam uma área contaminada por gás metano, na Cachoeirinha, zona norte de São Paulo, vivem sobre um "barril de pólvora". Eles moram no mesmo terreno de uma escola e uma creche municipais que foram desativadas em 2010, após um laudo da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) atestar risco de explosão, já que antes da construção das escolas, funcionava um aterro sanitário irregular no local.
  A Cetesb realizou a última vistoria em 11/01/13 e constatou que "a situação é preocupante e a área deve ser desocupada", pois o local tem concentração de gás metano no subsolo e águas subterrâneas. O nível se encontra entre 5% e 15% do gás e os técnicos constataram a desativação e desmonte de todo o sistema de extração de vapores que operava no local, bem como dos poços de monitoramento da área das escolas.
  Assim como uma favela, a ocupação acontece à base do improviso. As instalações elétricas são feitas por meio de "gatos". Parte dos moradores vive nos prédios das antigas escolas, mas a maioria tem de se ajeitar em barracos construídos do lado de fora. A construção desordenada dá um aspecto de labirinto, o que tornaria ainda mais difícil a retirada dos moradores em caso de acidente.
  A Prefeitura foi notificada, mas ainda não retirou os moradores.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Incêndio repentino - SP.

  Em 21/02/13 houve um incêndio repentino em uma cabine de pintura desativada na indústria de carrocerias Facchini, em Votuporanga, SP. A hipótese para a causa seria o contato de uma ferramenta com a tinta. Nenhum funcionário ficou ferido, mas o fogo e a fumaça preta assustaram quem passava pelo local.
  A indústria está localizada no cruzamento das avenidas Emílio Arroyo Hernandes e Nasser Marão. Funcionários estavam trabalhando na cabine de pintura desativada, quando o fogo começou.
  As chamas se alastraram rapidamente e o Corpo de Bombeiros foi acionado. No auge do incêndio, as labaredas atingiram uma altura de aproximadamente 10 metros, atingindo o telhado. Restaram danos materiais na fiação elétrica e na cabine de pintura, que ficou totalmente destruída.
  A foto mostra o local.

 

susto

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em tanque - RJ.

  Em 31/01/13 houve uma explosão no posto de gasolina que abastece a Divisão de Transportes da Polícia Civil, que matou Marlon Azevedo, de 19 anos, quando realizava um serviço de solda. O posto fica anexo a 18º DP, na Rua Santa Filomena, esquina com a Travessa Doutor Araújo, na Praça da Bandeira, Rio de Janeiro. A vítima estava a serviço da empresa 3JC Comércio de Peças e Serviços, que executava uma reforma de modernização como contratada da BR, dona do posto.
  O posto está desativado há um mês para a modernização. A perícia vai apurar se havia um procedimento para verificar a existência de combustível no local. Uma das hipóteses é que ainda havia gases no tanque, o que provocou a explosão.
  A foto mostra o local sendo periciado.

 

Um morto

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão de tanque - SP.

  Em 19/01/13 a explosão de um dos três tanques de refrigeração contendo uma tonelada de amônia de um centro de distribuição de alimentos da empresa Aurora, na rua Alfredo Folchini 1774, na Vila Toninho, em São José do Rio Preto, deixou treze pessoas contaminadas, assim como dez cães. Devido ao vazamento do gás, o quarteirão e quatro casas localizadas atrás da empresa foram interditados e os moradores tiveram de deixar o local, retornando 12 horas mais tarde.
  Com a explosão, o tanque foi arremessado a 200 metros e parou no canteiro central da rodovia Washington Luis. As pessoas atingidas foram encaminhadas a hospitais da cidade, com irritações no nariz e olhos.
  A foto mostra o local.

 

Treze pessoas afetadas

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão de tanque - GO.

  Em 16/01/13 a explosão de um tanque de etanol com capacidade de 17 milhões de litros da Usina Rio Claro, de propriedade da ETH Bioenergia, empresa do grupo Odebrecht, localizada próximo à BR-364, entre Caçu e Cachoeira Alta, no sudoeste do estado, pode ter sido provocada por um raio.
  Os bombeiros fizeram resfriamento do local, incluindo outros dois tanques cheios. O fogo só acabou após 24 horas, quando o combustível foi totalmente queimado. No momento que o fogo começou os funcionários estavam longe dos tanques e, por isto, ninguém se feriu.
  O custo do incidente pode passar de R$ 20 milhões, uma vez que o litro do etanol nas usinas vale em torno de R$ 1,20. Além disso, o tanque, com capacidade para 20 milhões de litros, tem valor estimado de cerca de R$ 2,5 milhões. A foto mostra o incêndio.

  No mesmo local em 03/09/09 houve a explosão de um tanque de 5 milhões de litros de álcool, resultando em um morto e dois feridos. Segundo o Corpo de Bombeiros, no momento do acidente funcionários pintavam a parte externa do tanque que "esquentou e explodiu". A tampa do reservatório caiu sobre João Batista do Nascimento, 55, que era de uma empresa prestadora de serviços e o matou.

 

Sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em tanque - SP.

  Em 06/01/13 ocorreu uma explosão e em seguida um incêndio em um tanque da Usina São Luiz que produz álcool e açúcar em Ourinhos (SP). Cerca de cinco milhões de litros de álcool foram consumidos. Segundo funcionários da usina, o fogo foi causado pela descarga de um raio.
  A explosão foi tão grande que a tampa do tanque foi arremessada a mais de 15 metros. As chamas e a fumaça puderam ser vistas a quilômetros de distância.
  Os prejuízos chegam a R$ 8 milhões mas ninguém ficou ferido. A foto mostra o incêndio.

 

sem feridos.

---------------------------------------------------------------------------

:. Normas ABNT em Consulta

 O site http://www.abntonline.com.br/consultanacional/na parte ABNT/CB-03 ELETRICIDADE, contém os projetos de normas ABNT na fase de Consulta Nacional. Clique e participe.

 

---------------------------------------------------------------------------

© Copyright 2004 JuniorPages