CABUM!

Normas e tecnologias Ex
       MENU >>>
Entrada   Artigos     Entrevistas   Cursos  
:: VEJA TAMBÉM
 :: 
Lei 9933/1999
 ::
Portaria INMETRO 89/2012
 ::
Portaria INMETRO 267/2009
 ::
Explosões em bueiros
 ::
:: LINKS
 
Hazardous areas group
PCIC - trabalhos
InternEx
 
:: CERTIFICADOS Ex
 
BVQI   - 0018
CEPEL  - 0007
DEKRA - 0089
DNV    - 0017
ICBR   - 0052
IEE     - 0011
IEx     - 0064
LE      - 0106
NCC    - 0034
TÜV    - 0004
UL      - 0029

Desde 12/02/2005:

desde 12/02/05
:. Benvindo ao Cabum!

  Desde abril de 2010, o Cabum! atua em parceria com o InternEx, proporcionando maior disseminação dos conceitos sobre as instalações especiais Ex.

  O Cabum! passa a divulgar as notícias nacionais, ficando o InternEx responsável pela cobertura das ocorrências em outros países.

  O Cabum! conta com a assessoria do eng. Estellito Rangel Jr., especialista em áreas classificadas, prevenção de explosões e auditor de instalações elétricas industriais.

  Aqui as notícias são atualizadas periodicamente, mantendo informados os profissionais da área.

  Em 24/05/16 atingimos 15.000 visitas! Agradecemos a todos.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosões em bueiros - BR.

  Tendo em vista o elevado número de explosões e incêndios em bueiros no Brasil, o Cabum! elaborou um mini-site especial, com eventos em várias cidades. Conheça o mini-site exclusivo sobre eventos em bueiros clicando aqui.
  Estes eventos afetaram a vida de vários cidadãos e algumas vítimas ficaram com graves sequelas.

 

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Colabore com o Cabum!

  Sabemos que as ocorrências de explosões que chegam à mídia são apenas uma pequena parcela. Se você souber de ocorrências não relatadas aqui, mesmo que de pequeno porte, você pode evitar que tal fato se repita e faça outras vítimas. Envie um breve relato do fato para este e-mail , se possível com fotos ou vídeos, que o publicaremos, preservando o anonimato do colaborador.
  Você também pode nos informar eventuais problemas com os links deste site.
  Desde já agradecemos.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Conheça a seção Consultas Técnicas

 Para conhecer diversas perguntas já feitas, basta clicar aqui.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em fábrica de farinha - PR.

  Em 04/05/16 houve uma explosão em uma secadora de mandioca da fábrica de farinha Pinduca Indústria Alimentícia, em Cianorte, no noroeste do Paraná que deixou um trabalhador morto e nove feridos.
  De acordo com o Corpo de Bombeiros, o setor de produção da fábrica ficou completamente destruído e outros barracões também pegaram fogo. As chamas foram extintas depois de 3 horas.
  A direção de empresa informou que estava priorizando o atendimento às vítimas e não iria se pronunciar sobre o caso.
  A foto mostra o local.

 

Um morto

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em posto de combustível - PE.

  Em 08/03/16 houve uma explosão no posto de combustíveis Zeca Albuquerque da rede Setta, em Afogados, na Zona Oeste do Recife, que resultou em funcionário terceirizado, Genival da Silva, 49 anos, arremessado a cerca de dez metros de altura, que faleceu em seguida.
  De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele havia cavado um buraco para fazer "um serviço em um tanque de gasolina enterrado e desativado" quando sua lixadeira entrou em contato com os gases que ainda estavam no reservatório de combustível.
  De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros, Douglas Silva, a falta de equipamento de segurança foi um dos motivos do acidente. "O funcionário não estava com nenhum EPI, o tanque continha muitos gases, devido a isso ocorreu a explosão", disse.
  A câmera de segurança registrou o fato.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em caminhão de gás - AM.

  Em 07/03/16 houve uma explosão no caminhão da empresa Amazon Gás na Av. Batron, bairro Tancredo Neves, comunidade Novo Reino, zona leste de Manaus. De acordo com o Corpo de Bombeiros, no momento em que um funcionário trocava cilindros para a empresa Leste Plast, houve o rompimento da válvula de um deles, ocasionando a explosão no local. De acordo com a Amazon Gás, o acidente ocorreu durante a troca de um tanque de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), de 1 tonelada de capacidade, que desestabilizou e rolou para fora da plataforma do caminhão, momento em que se rompeu uma das válvulas do tanque, causando o vazamento do GLP para o ambiente.
  O Corpo de Bombeiros afirmou inicialmente que 18 vítimas ficaram feridas. No Hospital Platão Araújo, doze pessoas foram atendidas, sendo que duas crianças tiveram mais de 50% do corpo queimado. A explosão atingiu quatro quitinetes nas proximidades, e, em uma delas, uma família inteira ficou ferida, sendo que em 10/3/16 faleceu Flávia Costa Hoyos, 28, que estava internada no Pronto-Socorro Platão Araújo com 90% do corpo queimado. Sua filha, Laís Mirela de Morais, 3 anos, sofreu queimaduras em 80% do corpo e morreu em 07/05/16. Em 21/03/16 faleceu Wildevane Colares, que estava com 60% do corpo queimado.
  A foto mostra o local.

 

Trêas mortas

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em posto de combustível - ES.

  Em 01/03/16 houve explosão em um posto de combustíveis de bandeira BR, na Rodovia do Sol, no bairro Ponta da Fruta, em Vila Velha, deixando três pessoas gravemente feridas: dois funcionários do posto e o cliente.
  Segundo informações dos bombeiros, o acidente ocorreu porque uma pessoa chegou ao posto, fez o abastecimento, mas não tinha dinheiro para pagar pelo combustível e então foi decidido fazer a retirada de combustível. No momento da retirada, houve a explosão.
  As vítimas foram levadas para o Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. Em 7/03/16 morreu Júlio Cupertino, um dos frentistas e em 11/03/16 morreu Jefferson Lemes, o outro. Em 31/03/16 o Corpo de Bombeiros divulgou laudo onde apontou falha humana, com culpa dos próprios frentistas.
  A foto mostra a roupa de uma das vítimas.

 

Dois mortos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em gráfica - PR.

  Em 11/02/16 houve explosão na gráfica Midiograf localizada na zona oeste de Londrina, no norte do Paraná, que resultou em dois trabalhadores feridos. Segundo os bombeiros, o acidente ocorreu em uma máquina que estava em manutenção.
  As vítimas foram internadas no centro de tratamento de queimados do Hospital Universitário de Londrina.
  Por meio de nota, a direção da empresa informou que está prestando todo o atendimento necessário aos dois colaboradores, e que o acidente ocorreu em um equipamento de laminação.
  A empresa vai solicitar uma avaliação do equipamento, pois a laminadora tinha acabado de chegar da manutenção.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em cervejaria - SP.

  Em 28/01/16 houve explosão em uma caldeira na cervejaria Heineken na avenida Presidente Humberto de Alencar Castello Branco, em Jacareí, SP, que causou de imediato dois mortos e três feridos. Na tarde de 29/01/16 morreu a terceira e em 30/4/16 faleceu a quarta vítima.
  Todos eram trabalhadores terceirizados que faziam manutenção na caldeira. Os laudos da perícia realizados na caldeira ainda não foram divulgados.
  A unidade só retornou à produção em 04/02/16, uma semana depois.
  A foto do G1 mostra o local.

 

Quatro mortos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em tubulação de gás - AL.

  Em 03/09/15 houve uma explosão em uma tubulação de gás natural na Avenida Gustavo Paiva, em Maceió. O trabalhador Celso da Silva, de uma empresa terceirizada que presta serviços para a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), estava dentro da tubulação de 1,20 m de diâmetro usando uma furadeira para fazer uma ligação, quando atingiu o tubo da Companhia de Gás Alagoas S.A. (Algás).
  De acordo com testemunhas, o gás entrou em combustão, assustando moradores e comerciantes da região.
  O trabalhador sofreu queimaduras de 1º grau no rosto e de 2º grau no lábio superior, mas foi rapidamente liberado.
  A foto do G1 mostra o local.

 

Um ferido

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em posto de combustível - RJ.

  Em 02/09/15 houve uma explosão no posto da Petrobras na Av. Dom Helder Câmara, em Maria da Graça. O evento ocorreu na sala do compressor de gás GNV que abastece as "bombas". Peritos da Polícia Civil levaram para análise uma válvula de segurança que indicaria aumento de pressão nos cilindros de gás e disseram que o laudo que vai mostrar a causa da explosão ficaria pronto em 30 dias.
  O gerente do posto disse que ocorreram três explosões e que o problema aconteceu no medidor da CEG (concessionária que fornece o gás). Em nota, a CEG descartou a possibilidade do acidente ter sido ocasionado por um escapamento de gás em suas instalações. A Companhia também ressaltou que não recebeu nenhum chamado de emergência para o posto.
  Pelo menos sete pessoas ficaram feridas na explosão, sendo que em 11/09/15 Fábio Coutinho Amâncio, de 32 anos e que estava internado desde o dia 2/9/15 no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, com 60% do corpo queimado, faleceu; em 17/09/15 faleceu Maria Kelly Gonçalves da Silva, de 38 anos e que estava no Hospital Municipal Souza Aguiar desde o dia 2/9/15, com queimaduras de 1º, 2º e 3º grau.
  O vídeo registrou o ocorrido.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em terminal de combustíveis - ES.

  Em 26/08/15 explodiu um tanque de combustível no Terminal de Granéis Líquidos (TGL), que fica entre os terminais de carga e descarga da Petrobras, operado pela BR Distribuidora, no Porto de Tubarão.
  O acidente ocorreu por volta das 10 h e, segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP), deixou ainda um terceiro trabalhador gravemente ferido.
  Em comunicado oficial, a BR informou que o acidente ocorreu durante manutenção programada na tubulação de óleo combustível do tanque que alimentava a caldeira. Também esclareceu que o evento não ocorreu na caldeira, pois que estava fora de operação, e que a ocorrência foi controlada pelas equipes de emergência e Corpo de Bombeiros, "não tendo havido vazamento nem risco para a população".
  Uma comissão interna foi instaurada para apurar as causas do acidente. As vítimas eram empregadas da empresa JB, terceirizada.
  A foto do Vc no ESTV mostra o local.

 

Dois mortos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em caminhão - PE.

  Em 22/05/15 explodiu um caminhão-tanque, deixando um homem com 40% do corpo queimado, na Estrada de Mangue Seco, em Cruz de Rebouças, Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. A vítima foi socorrida de helicóptero pela Polícia Rodoviária Federal e levada para o Hospital da Restauração.
  O homem era soldador e realizava uma manutenção no veículo, que transportava combustível e estava vazio no momento do acidente.
  As causas da explosão e o estado de saúde do homem não foram divulgados.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em depósito de combustíveis - SP.

  Em 02/04/15, segundo testemunhas, pelo menos uma explosão em um tanque de etanol deu início a um incêndio de grandes proporções no depósito da Ultracargo, no bairro industrial da Alemoa, às margens da via Anchieta, em Santos, no litoral de São Paulo. Duas pessoas foram hospitalizadas: uma por estado de choque e outra por inalação de fumaça.
  O complexo de estocagem de combustíveis possui cerca de 175 tanques, e a Capitania dos Portos logo determinou a suspensão da circulação de navios na região, desde o BTP (terminal de contêineres) até o fim do canal de navegação, próximo a Cubatão.
  Apesar da Ultracargo ter divulgado no mesmo dia uma nota assinada pelo presidente Ricardo Catran, que "o incêndio estava contido e que a Brigada de Incêndio evacuou a área e acionou o plano de ajuda mútua", pouco depois um segundo tanque se incendiou e no dia seguinte, cinco tanques já haviam sido atingidos sem que o fogo fosse interrompido, uma vez que não havia tecnologia para combatê-lo: os bombeiros tentaram combater as chamas diretamente com espuma, mas não obtiveram sucesso porque as temperaturas altas, de 800 ºC, faziam com que a espuma evaporasse antes mesmo de chegar ao foco do incêndio. Desta forma, limitaram-se a resfriar os cerca de 40 tanques ao redor do fogo, temerosos que a tubulação entre eles não resistisse ao calor e, ao se romper, espalhasse combustível pelo terminal.
  Seguranças do Grupo Souza Lima, que atuam numa das empresas vizinhas, disseram não receber treinamento para situações desse tipo. Segundo eles, pessoas fugiram deixando para trás carros, motos e caminhões. Até pessoas longe do terminal disseram que o chão tremeu, e deixaram o local voluntariamente com medo de novas explosões.
  Em 04/04/15 uma nova explosão provocou o incêndio do sexto tanque. Em 05/04/15 peixes mortos começaram a aparecer no Rio Casqueiro, em Cubatão, além de pessoas reclamando de irritação nas vias respiratórias. A Prefeitura chegou a estudar a possibilidade de ordenar a evacuação de moradores de bairros próximos.
  Em 08/04/15 apenas um tanque continuava em chamas, e o combate ao incêndio mobilizava 137 bombeiros e 46 viaturas. O acesso ao Porto de Santos continuava bloqueado desde 06/04/15 e pelo terceiro dia os caminhões enfrentaram um bloqueio na via Anchieta, rodovia que liga a capital ao litoral. Cerca de 7 toneladas de peixes mortos acumulavam-se no Rio Casqueiro.
  As consequências de um evento destes, tanto para o meio-ambiente quanto para a saúde das pessoas, serão sentidas mais tarde, a exemplo do incêndio ocorrido em 2005 em um terminal de combustíveis em Buncefield, na Inglaterra, que resultou em prejuízos de US$ 1 bi - conforme noticiado pelo Daily Mail.
  A foto mostra o início das chamas na Ultracargo, em 02/04/15.

 

Sem feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em siderúrgica - MG.

  Em 03/03/15 houve uma explosão na coqueria 2 da unidade Gerdau Ouro Branco, na Rodovia MG-443 km 7, em Congonhas, MG. Houve um grande estrondo e chamas foram vistas de longe, sendo que uma torre de 130 metros de altura ficou destruída, restando apenas 40 metros.
  Extra oficialmente foi levantado que dois funcionários estavam com suspeita de fraturas nos membros inferiores, e outros seis, com ferimentos mais leves, foram levados para atendimento médico na FOB em Ouro Branco.
  A empresa informou que estava dando a assistência necessária aos seus oito colaboradores e que estaria trabalhando para detectar e sanar as causas do incidente.
  A foto do Fato Real mostra as chamas.

 

8 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em plataforma - ES.

  Em 11/02/15 houve uma explosão na casa de bombas do navio FPSO Cidade de São Mateus, na Bacia do Espírito Santo, que matou três trabalhadores na hora, dois alguns dias após, e dos outros quatro inicialmente dados como desaparecidos, foram encontrados os corpos (o último em 02/03/15, dezoito dias após a explosão), totalizando nove vítimas fatais e 33 feridos, dos 74 que estavam a bordo. A Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo confirmou ter recebido dez feridos.
  A plataforma é gerenciada e operada pela empresa BW Offshore e de acordo com o Sindicato, o acidente foi causado por um vazamento de gás.
  A ANP anunciou o envio de duas equipes para acompanhar a investigação do acidente: uma foi para a sala de crise da Petrobras, no Rio de Janeiro e a outra embarcou no FPSO, negando ter havido derramamento de óleo.
  A ANP destacou ainda que o navio-sonda recebeu declaração de conformidade da Marinha em 2015, tendo atualizado sua documentação marítima em setembro de 2014.
  A Capitania dos Portos do Espírito Santo abrirá um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), a fim de esclarecer as causas e responsabilidades pelo ocorrido na plataforma. O prazo dado para a conclusão do Inquérito foi de 90 dias, cerca de 15/05/15.
  O vídeo mostra a plataforma após a explosão.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em silo - PR.

  Em 01/02/15, uma explosão em uma unidade da cooperativa agroindustrial Coamo em Brasilândia do Sul, no noroeste do Paraná, em um silo de grãos.
  De acordo com a Unidade de Pronto Atendimento do município, os funcionários sofreram queimaduras de segundo grau. Três deles foram atendidos na unidade e liberados; outros dois foram transferidos para o hospital Norospar em Umuarama, no noroeste do estado, para receber tratamento especializado.
  Parte do silo, que estava vazio, foi arrancada. Várias peças de zinco na cobertura e um pedaço da parede de concreto, foram lançados a mais de 50 metros, parando às margens da PR-486.
  Segundo o gerente da unidade, Jorides Zoratto, não se sabe o que provocou a explosão, sendo que a perícia deverá emitir um laudo sobre as causas.
  A foto do G1 PR mostra o combate às chamas.

 

5 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em metalúrgica - MG.

  Em 22/01/15 houve uma explosão na Metalúrgica Continental, na Rua Benedito Gonçalves, 1955, Bairro Icaraí, em Divinópolis, Região Centro-Oeste de Minas.
  Segundo os bombeiros, o gás se acumulou em uma estufa, onde havia um operário trabalhando. Com o impacto, Felipe Augusto dos Santos, 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. Os destroços também atingiram Paulo Cesar Borges, 48, que foi conduzido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com suspeita de hemorragia interna na região do abdômen.
  A estrutura do galpão ficou totalmente destruída, e por isso, o local foi totalmente isolado. A Defesa Civil foi acionada.
  A metalúrgica não se pronunciou sobre o acidente.

 

---------------------------------------------------------------------------

:. Explosão em refinaria - BA.

  Em 18/01/15, uma explosão na Refinaria Landulpho Alves (RLAM) da Petrobras, na Bahia, durante uma parada programada de manutenção feriu três funcionários. A empresa declarou que "o abastecimento ao mercado não será afetado"; "todos os serviços da parada de manutenção foram interrompidos para averiguação das causas do acidente" e que "os feridos foram prontamente atendidos pela equipe médica da refinaria, e encaminhados ao hospital com toda a assistência necessária".
  Já o Sindicato dos Petroleiros da Bahia informou que a explosão ocorreu no Vaso 3818 de hidrogênio da U-38, durante um serviço de manutenção e que as vítimas foram primeiramente para o Hospital de Medicina Humana, em Candeias e depois removidos para Salvador: um caldeireiro da terceirizada Victória (José Adailton) está em estado grave, com queimaduras em 70% do corpo e fratura exposta na perna esquerda; outro caldeireiro, também da Victória (Jonas Leal), teve queimaduras em 25% do corpo, e uma vigia da empresa Potencial (Jucineide de Jesus) teve queimaduras em 10% do corpo (rosto) e corte na cabeça.
  O Sindipetro Bahia denunciou que em quatro dias antes, em 14/01/15, havia ocorrido um incêndio na U-30 da mesma refinaria.
  A foto do Sindipetro BA mostra o combate às chamas.

 

3 feridos

---------------------------------------------------------------------------

:. Normas ABNT em Consulta

 O site http://www.abntonline.com.br/consultanacional/na parte ABNT/CB-03 ELETRICIDADE, contém os projetos de normas ABNT na fase de Consulta Nacional. Clique e participe.

 

---------------------------------------------------------------------------

© Copyright 2004 JuniorPages